segunda-feira, dezembro 05, 2005

Testes de comportamento ao povo português (1)

Hoje iniciamos a publicação de um conjunto de testes provenientes de um estudo sociológico em curso, sobre o comportamento da população portuguesa em diferentes situações.

O português como toda a gente sabe, sofre de diversas psicoses, graças a séculos de consanguinidade, e já Plínio, no 1º século D.C., referia-se aos habitantes da Lusitânia como "estranho povo que não se governa nem se deixa governar"...
Já o nosso contemporaneo José Gil fala-nos do medo de existir, dum país paralisado pela inveja.
" Nós temos medo de experimentar, porque temos medo do que irão dizer de nós.
Partimos sempre do princípio de que o que vão dizer é negativo, desvalorizante.
Isso cria logo um medo que nos paralisa."


Teste 1. Comportamentos sociais em lugares publicos.

Neste primeiro teste fomos testar o tipico complexo do portugês em relação ao estrangeiro.
Para esta experiência ( blind test ) escolhemos dois públicos ( publico A e publico B ), sociológica e etariamente semelhantes,
O nosso público foi assistir a um concerto de duas bandas portuguesas:
Os Wray Gunn e os Dead Combo.
( duas excelentes bandas em qualquer parte do mundo, segundo a nossa modesta opinião...)

O nosso Gabinete de Altos Estudos Comportamentais dividiu o publico em duas situações:

situação A: o público sabe que está a assistir a uma banda portuguesa.
situação B: o público julga que está a assistir a uma banda de nacionalidade estrangeira. Neste caso norte-americana.



Na situação A ,o público, apesar de estar intímamente a apreciar o concerto, exteroriza comportamentos dissimulatórios da sua emoção. O públigo gosta, mas, temendo ser mal visto , não exterioriza a sua verdadeira emoção ficando paralizado , com medo do que possam pensar. Adopta comportamentos de falsa segurança e demonstra arrogância.



Na situação B, o público, julgando que está a assistir a uma banda estrangeira, liberta-se e exterioriza comportamentos jubilatórios, desinibindo-se momentaneamente do seu habitual torpor.
O público gosta, e não tem medo de se manifestar, pois sabe que o seu comportamento não será avaliado pelos demais, pois também estes manifestam o seu apreço efusivo pela banda.

7 comentários:

marmanja disse...

está certissimo, mas onde estão os Dead Combo?

abrocas disse...

tão-se a vestir

TonyKim da Bouça disse...

Grande observação!
Metam som na bd!
que aí é que é a partir...

Xo Nikles disse...

Aurtuxtillo us teus disenhos ó daltónico.
Eu curti pa caralho este cumcerto e mesmu sem mustrar as mamas bi logo kenuéru camones... Só que sou timida...

Anónimo disse...

belo blog, sim senhora.
muitas trufas para vocês os dois!
desde espanha com um abraço e uma tortilla: carlos gomes (ou karl g.)

Capitao de Malta disse...

Vimos os dois em AlKobaKa e ambos partiram o público todo...aqui não houve complexos...continuem Bros que a coisa promete!!!

ps. meti o link do vosso blog no meu (espero que não se importem)

M0rph3u disse...

Isto e' a maior das verdades, mas julgo que a pouco e pouco as mentalidades vao mudando! I hope ;)